Clique para ampliar

Compartilhar:

CAETANO VELOSO Carta Manuscrita e ASSINADA Onde Confessa a Vontade de Reeditar o Experimental Disco ARAÇÁ AZUL e o Desdobramento do Seu Lançamento em 1973

CAETANO VELOSO Carta Manuscrita e Assinada

Onde Confessa a Vontade de Reeditar o Experimental Disco ARAÇÁ AZUL e o Desdobramento do Seu Lançamento em 1973

 

Uma folha de carderno com duas páginas manuscritas, formato 20cm x 29cm

Acompanha fotografia de Caetano Veloso, formato 17,5 x 24,5cm

 

Carta manuscrita e assinada, em que Caetano confessa a vontade de reeditar Araçá Azul e sobre o desdobramento do lançamento desse disco em 1973, que devido ao grande número de pessoas que depois de ouvir a 1ª faixa do lado A, voltavam a loja para devolver, sendo rapidamente retirado de catálogo. Confessa ter sido tomado por certa angustia com o destino que deveriam ser dados aos LPs, á vontade de reeditá-lo ágora, seria pelas cobranças constantes, já que nem mesmo eu tenho um. Cita outras produções, musicas e parcerias; Transa, Cinema Falado Tu me Acostumbrastes, trilhas e shows.

 

" ... o número de pessoas que depois de tentar ouvir a 1° faixa do lado A, voltava as lojas para devolver foi tão grande que as lojas convenceram a própria gravadora a aceitar as devoluções. Eu pensei que todos esses discos devolvidos ficariam guardados, arquivados, com capa e tudo, esperando um tempo de aceitação. Mas não. O que será que eles fazem com os discos ? Derretem para fazer outros ? E as capas ? Queimam ? Veja a minha alinenação. Não sei. De todo modo, dá um certo orgulho de ter batido o record de devoluções."

 

Araçá Azul é o quinto álbum de estúdio da carreira solo do cantor e compositor Caetano Veloso, gravado ao longo de uma semana de trabalho em 1972 no Estúdio Eldorado em São Paulo - com Caetano sozinho no estúdio, em companhia de um técnico e seu assistente, sob a chancela do então presidente da PolyGram André Midani e lançado em janeiro de 1973, pela gravadora Philips Records. Tornou-se um dos discos mais controversos e cultuados da MPB devido ao conteúdo altamente experimental de suas composições – influenciado, em parte, pela poética de invenção dos poetas concretistas paulistanos. O disco obteve um número recorde de devoluções quando de seu lançamento.

 

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura