Clique para ampliar

Compartilhar:

CAMPEONATO CARIOCA 1985 Diversos Cadernos Esportivos ORIGINAIS de JORNAIS VARIADOS Encadernados Publicados em 1985

CAMPEONATO CARIOCA   1985 Diversos Cadernos Esportivos ORIGINAIS de JORNAIS VARIADOS

Encadernados Publicados em 1985

Formato monumental, 39cm x 58cm

Periódicos O GLOBO, JORNAL DOS ESPORTES E JORNAL DO BRASIL 

Capa Dura 

Em torno de 240 Páginas 

 

 O ano de 1985 foi marcante para o Bangu, que tinha um ótimo time e fez a melhor campanha de sua história no Brasileirão, perdendo a final da competição para o Coritiba. Porém, o tradicional clube alvirrubro teve outra chance de título, no final daquele ano, numa época onde os estaduais eram decididos em dezembro, numa final de Carioca diante do Fluminense, exatamente no dia 18 daquele mês, no Maracanã. A arbitragem de José Roberto Wright, porém, traz polêmicas até hoje. 

 Aquele duelo no Maracanã valia pela última rodada do triangular final da competição, que envolvia o campeão da Taça Guanabara (Fluminense), o campeão da Taça Rio (Flamengo) e o time com melhor campanha acumulada (Bangu).

Naquele último jogo, apenas o Bangu e o Flu tinham chance de título. O Castor, inclusive, entrava em campo com a vantagem do empate.    O duelo teve um balde de água gelada em cima do Fluminense, que tinha apoio da maioria dos 88 mil torcedores presentes: aos 4 minutos, Marinho, craque daquele time do Bangu marcou de cabeça o primeiro gol da partida.

GRANDE POLÊMICA DA FINAL 

O drama ia para o lado tricolor, que precisava virar o jogo. E no primeiro tempo, mesmo com apoio total da torcida, não conseguiu marcar algum gol, mantendo-se o placar de 1 a 0.   É fato que o Flu inclusive reclamou um pênalti no segundo tempo, na primeira grande polêmica do jogo, quando um zagueiro do Bangu cortou com a mão um chute de Renê. Right interpretou o toque como não pênalti. Partindo pra cima, porém, o fluminense empatou aos 18 minutos do segundo tempo, com Romerito, craque daquele time tricolor e virou com o talismã Paulinho, que, vindo do banco, marcou um belíssimo gol de falta. Jair reclamou bastante, mas claramente empurrou Washington na disputa de bola pelo alto.

  A maior polêmica da arbitragem veio já nos acréscimos. Cláudio Adão foi lançado em clara condição de marcar o gol, ultrapassou Vica que desesperadamente derrubou Adão um pênalti claro que Wright ignorou e causou uma enorme polêmica e reclamação, com três expulsões de jogadores do alvirrubro e trocas de agressões entre o árbitro e o segurança do dirigente Castor de Andrade. No fim das contas, o Flu ficou com o tricampeonato.   Wright argumentou depois em entrevista que havia acabado o jogo e por isso não deu o pênalti. A questão toda acabou amplificada pelo fato do árbitro e ex-comentarista ser torcedor tricolor e até ter atuado como dirigente do Fluzão anos depois. O fato é que ficou a marca de um título ganho de forma polêmica, para não usar outro termo, pelo time das Laranjeiras.

Produtos recomendados

Jarro de Grés da Água Mineral SELTERS Alemanha 1890

Jarro de Grés da Água Mineral SELTERS Alemanha 1890

por R$ 350,00
ou 3x de R$ 116,67 sem juros
ou R$ 315,00 por depósito bancário
Crachá Esmaltado do Prof. OLIVEIRA JUNIOR Um dos Pioneiros da Escola Superior de Guerra Ano 1949

Crachá Esmaltado do Prof. OLIVEIRA JUNIOR Um dos Pioneiros da Escola Superior de Guerra Ano 1949

por R$ 220,00
ou 3x de R$ 73,33 sem juros
ou R$ 198,00 por depósito bancário
Cartazete Original do  IV CAMPEONATO SUL-AMERICANO de TENIS DE MESA Rio de Janeiro de 4 a 12 de Junho de 1949

Cartazete Original do IV CAMPEONATO SUL-AMERICANO de TENIS DE MESA Rio de Janeiro de 4 a 12 de Junho de 1949

por R$ 960,00
ou 3x de R$ 320,00 sem juros
ou R$ 864,00 por depósito bancário
Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura