Clique para ampliar

Compartilhar:

Cartaz de Cinema do Filme JUVENTUDE TRANSVIADA Rebel Without a Cause, Estrelando o Icone Cultural JAMES DEAN, Cartaz Brasileiro ORIGINAL de 1956

Cartaz de Cinema do Filme JUVENTUDE TRANSVIADA Rebel Without a Cause, 

Estrelando o Icone Cultural JAMES DEAN, Cartaz Brasileiro ORIGINAL de 1956

Medindo 63cm x 96cm

 

ICONE CULTURAL: “Juventude transviada” é a expressão adotada no Brasil para referenciar um tipo de comportamento juvenil, visto como transgressor e delinquente presente em vários países do mundo, durante as décadas de 1950 e 1960. Os “transviados”, segundo a imprensa brasileira dos anos 50 e 60, agiam em várias cidades do território nacional, sendo responsáveis pelo aumento da violência urbana,por cometerem desde pequenas contravenções penais a crimes hediondos. As principais ocorrências remetiam a brigas de ruas, corridas de carros (por vezes, resultando em acidentes), pequenos furtos ou roubos, confusões causadas por embriaguez, depredações do patrimônio público, bebedeiras, uso de entorpecentes (especialmente maconha), assassinatos, crimes de sedução e estupro.

Além da prática da violência, o “transvio” simbolizava o “novo”representado pela adoção da cultura norte-americana, via de consumo de produtos culturais (escutar o “rock and roll”;ler comics, fotonovelas e literatura beat; assistir a filmes de Hollywood), que impactava na moda (roupas, cortes de cabelo, etc.), nos comportamentos (gestos, linguagem, etc.) e visões de mundo (anseio por liberdade, hedonismo, etc.).

A fita no Brasil, além de ser proibida para menores, serviu para popularizar a jaqueta vermelha que Dean usava.

 

O FILME: Em Los Angeles, em 1955, Jim Stark é um jovem problemático e acaba preso por causar danos à propriedade. O adolescente então encontra alguns filhos angustiados de pais irresponsáveis, como os dele. Com eles, ele vive alianças, conflitos e disputas por questões territoriais e amorosas, culminando em uma tragédia.

O filme foi indicado ao Oscar de roteiro original e ator coadjuvante (o jovem Mineo) e foi rodado com o título "Blind Run", abordando um tema pouco discutido na época, a delinqüência juvenil.

O título nacional aproveitou uma frase da moda, utilizada pela revista "O Cruzeiro", em 1954, para o noticiar o famoso "caso Aida Cury", em que uma jovem morrera ao cair de um edifício em Copacabana depois de ter resistido ao assédio sexual de dois rapazes. O "correto" seria a tradução literal, "Rebelde sem Causa".

"Juventude Transviada" foi o segundo dos três filmes que James Dean estrelou antes de morrer tragicamente. O longa ficou com fama de "pé-frio" porque, além de Dean, também morreram tragicamente Nick Adams (um dos membros da gangue nesse filme e astro do seriado "The Rebel"), de overdose em 1968, Sal Mineo, assassinado em 1976, e Natalie Wood, afogada em 1981.

"Juventude Transviada" foi proibido na Espanha e Inglaterra por incitar os jovens à violência. O filme começou a ser feito em preto-e-branco, mas, por ser em cinemascope, teve de ser refilmado do começo em cores.

Como todo grande filme cult, esse também é imperfeito. Os adolescentes são adultos demais, e todos sabem expor seus problemas e definir os culpados (que invariavelmente são os pais que não sabem dar amor, atenção ou valor).

Embora esse tema fosse até inovador na época, hoje eles parecem articulados demais e por vezes caem no clichê. Isso, porém, não tira as qualidades do filme, a começar pelo inegável carisma de James Dean, um ator dado a exageros, mas que também sabia segurar uma cena.

por Rubens Ewald Filho

 

 

 

 



Produtos recomendados

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura