Clique para ampliar

Compartilhar:

Nota de Despesas do FUNERAL de JOAQUIM RIBEIRO DE AVELLAR, VISCONDE DE UBÁ, Casa Manoel Francisco Bernardes, Paty dos Alferes, 1 de Outubro de 1888

Nota de Despesas do FUNERAL de JOAQUIM RIBEIRO DE AVELLAR, VISCONDE DE UBÁ,

Casa Manoel Francisco Bernardes, Paty dos Alferes,

1 de Outubro de 1888

 Joaquim Ribeiro de Avelar, Visconde de Ubá, faleceu em Outubro de 1888 e foi enterrado na capela da Fazenda do Pau Grande, onde em 1898 sua esposa Mariana Velho da Silva, Viscondessa de Ubá foi tambem sepultada.

 

Trecho do jornal EL PAIZ de 04 de Outubro de 1888, sobre funeral do Visconde de Ubá:

 

"O Visconde de Ubá

Mais um distincto membro da importante familia Ribeiro de Avellar baixou á sepultura coberto de bençãos da pobreza. Cada membro desta familia, que se some na escuridão do tumulo, aviva a dolorosa lembrança do pobre e deixa no coração amargurado dos amigos mais um vacuo difficil a preencher.

Neste momento, na fazenda do Pao Grande, freguezia do Paty do Alferes, á beira da sepultura do Exm. Sr. Visconde de Ubá, se misturam as lagrimas dos pobres, dos amigos e da familia do illustre morto.

Ali, reverentes e respeitosos, estão agrupados em um só pensamento, honram a memoria do illustre morto: e um unico sentimento congrega a todos - a gratidão.

O Visconde de Ubá, notavel por seus dotes moraes, homem de fina educação, seus amigos o tinham como o typo da lealdade. Molde perfeito de chefe de familia, esposo dedicado, a aprimorada educação de seus dignos filhos dão testemunho irrecusavel, eloquente, do valor immenso do thesouro que acabam de perder."

Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura