Clique para ampliar

Compartilhar:

Carta Patente Assinada Pelo MARQUÊS DE CAXIAS Patrono do Exercito Brasileiro, Datada de 15 de Novembro 1855

Carta Patente Assinada Pelo MARQUÊS  DE CAXIAS Patrono do Exercito Brasileiro,

 Datada de 15 de Novembro 1855

Assinada na epóca em que Marquês de Caxias era Ministro de Guerra 

Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias nasceu em Porto da Estrela -RJ em  25 de agosto de 1803 e faleceu em Valença - RJ no dia 7 de maio de 1880 . É o Patrono do Exército e apelidado de "O Pacificador" e "O Duque de Ferro" , No dia 25 de agosto, dia do seu nascimento, é comemorado o dia do soldado.

Duque de Caxias veio de uma familia militar , o que influenciou e ajudou a se tornar patrono .Em 1822, o Brasil torna-se independente e Luís Alves ingressa no “Batalhão do Imperador”, comandado por seu tio José Joaquim de Lima e Silva. Em 1823, participou da luta no combate aos soldados portugueses da Bahia que relutavam a aceitar a Independência do país. Com a vitória do Batalhão, Luís Alves foi promovido a Capitão e com 21 anos recebia a “Imperial Ordem do Cruzeiro”, das mãos de D. Pedro I.

Em 1825, Luís Alves foi chamado para mais uma vez manter a unidade nacional, desta vez na “Campanha da Cisplatina” – conflito ocorrido entre o Brasil Império e as Províncias Unidas do Rio da Prata, pela posse da "Província Cisplatina", no Uruguai. Três vezes foi citado por bravura. Ganhou as insígnias de Major e as comendas da Ordem de São Bento de Ávis e Hábito da Rosa.

Logo  após a abdicação de D. Pedro I "em 1831 " , Luís Alves foi um dos poucos que permaneceu ao lado do monarca. Foi chamado pelo ministro da Justiça, Padre Feijó, para organizar o “Batalhão Sagrado”, para manter a ordem no Rio de Janeiro, e criou a "Guarda Municipal " que lutou contra a tentativa de derrubar a Regência-Trina que estava governando o brasil , devido a menoridade de Dom  Pedro II.Em 1837, com 34 anos, Luís Alves foi promovido a Tenente-Coronel, em seguida, deixou o comando da Guarda Permanente. Em 1839, foi nomeado comandante-geral das forças militares do Maranhão e presidente da Província. Sua missão: sufocar a revolta dos que se opunham ao governo provincial e ocupavam a cidade de Caxias.

Conhecida como “Balaiada”, a campanha de Luís Alves de Lima e Silva saiu vitoriosa. Em 1841, de volta ao Rio de Janeiro, Luís Alves é promovido a General-Brigadeiro e recebeu o título de “Barão de Caxias”, referência à cidade que conseguiu pacificar.Em 1842, o Barão de Caxias foi nomeado "Comandante das Armas da Corte", cargo já ocupado por seu pai. Nessa época, eclodiu a revolução liberal em São Paulo e Minas Gerais, que Caxias reprimiu com facilidade e entrou em Sorocaba, onde enfrentou seu antigo chefe, o Padre Feijó.Em Minas Gerais, destacou-se no combate de Santa Luzia, decisivo para a vitória. Ao voltar, reassume o comando das armas, ganhando a referencia de  “Pacificador”.

Após pacificar três províncias, faltava só o Rio Grande do Sul onde a “Guerra dos Farrapos” entrava no seu sétimo ano. Foi nomeado "presidente da província do Rio Grande do Sul"e "Comandante das Armas". Reorganizou as forças imperiais e depois de dois anos saiu vitorioso.

Com a vitória, na Guerra dos Farrapos, Caxias foi agaciado com o título de "Conde" em 1845 e escolhido para o “Senado” por Dom Pedro II , Sete anos depois ele É promovido para  título de "Marquês De Caxias " , além de ter assumido o cargo de ministro de guerra em  1855 , onde ficou ate 1857

GUERRA DO PARAGUAI 

A Guerra do Paraguai foi o maior conflito armado ocorrido na América do Sul, na bacia do rio da Prata, que envolveu Paraguai, Argentina, Uruguai e Brasil.O Paraguai era o país que havia alcançado um certo progresso econômico autônomo e seu presidente Solano López resolveu ampliar o território paraguaio e criar o “Paraguai Maior”, anexando regiões da Argentina, do Uruguai e do Brasil (como Rio Grande do Sul e Mato Grosso), com o objetivo de conquistar o acesso ao Atlântico.

Em 1864, o Paraguai ordenou o aprisionamento do navio brasileiro Marquês de Olinda, no rio Paraguai. A resposta brasileira foi a imediata declaração de guerra ao Paraguai.Em 1865, o Paraguai invadiu o Mato Grosso e o Norte da Argentina, e os governos do Brasil, Argentina e Uruguai criaram a Tríplice Aliança contra Solano López. O Brasil, Argentina e Uruguai contavam com o apoio inglês, recebendo empréstimos para equipar e manter poderosos exércitos.

Depois de algumas derrotas, em 1867, Luís Alves de Lima e Silva, então "Marquês de Caxias", assumiu o comando das forças militares imperiais, vencendo rapidamente importantes batalhas como as de Itororó, Avaí, Angosturas e Lomas Valentinas, chamadas “dezembradas” por terem ocorrido no mês de dezembro de 1868. Finalmente Assunção foi ocupada em 5 de janeiro de 1869.

 https://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_Alves_de_Lima_e_Silva

https://www.ebiografia.com/duque_caxias/#:~:text=Duque%20de%20Caxias%20(Lu%C3%ADs%20Alves,comemorado%20o%20dia%20do%20soldado.

http://www.eb.mil.br/patronos/-/asset_publisher/DJfoSfZcKPxu/content/caxias?inheritRedirect=false

 

 

Produtos recomendados

TRIO NAGÔ Memorabilia de EVALDO GOUVEIA e de Seu Trio Musical, Fotografias e Documentos Originais de 1953 e 1964

TRIO NAGÔ Memorabilia de EVALDO GOUVEIA e de Seu Trio Musical, Fotografias e Documentos Originais de 1953 e 1964

por R$ 2.600,00
ou 6x de R$ 433,33 sem juros
ou R$ 2.340,00 por depósito bancário
LP AUTOGRAFADO Pela Cantora ANGELA MARIA  Angela Maria, Série Colagem

LP AUTOGRAFADO Pela Cantora ANGELA MARIA Angela Maria, Série Colagem

por R$ 450,00
ou 6x de R$ 75,00 sem juros
ou R$ 405,00 por depósito bancário
Livro NÃO DIGAS NADA  Tiago Torres da Silva  Com dedicatória do Autor à BIBI FERREIRA

Livro NÃO DIGAS NADA Tiago Torres da Silva Com dedicatória do Autor à BIBI FERREIRA

por R$ 150,00
ou 6x de R$ 25,00 sem juros
ou R$ 135,00 por depósito bancário
TENÓRIO CAVALCANTI O Homem de Capa Preta: Lote com 86 Fotografias ORIGINAIS do "REI DA BAIXADA" e Seus Familiares

TENÓRIO CAVALCANTI O Homem de Capa Preta: Lote com 86 Fotografias ORIGINAIS do "REI DA BAIXADA" e Seus Familiares

por R$ 2.200,00
ou 6x de R$ 366,67 sem juros
ou R$ 1.980,00 por depósito bancário
Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura