Clique para ampliar

Compartilhar:

Carteira de Sócio Efetivo n°186 do SPORT CLUB INTERNACIONAL Assinada Pelo PATRONO COLORADO e Presidente do Clube ILDO MENEGHETTI em 1929

Carteira de Sócio Efetivo n°186  do SPORT CLUB INTERNACIONAL Assinada Pelo PATRONO COLORADO e Presidente do Clube ILDO MENEGHETTI em 1929

Pertencia a RAIMUNDO BECHLIN

ILDO MENEGHETTI

Ildo Meneghetti foi um engenheiro e político brasileiro, prefeito de Porto Alegre por duas vezes e governador do estado do Rio Grande do Sul também por duas vezes. Foi presidente do Sport Club Internacional entre 1929 e 1934 e novamente em 1938.

Fundado em 1909 a segunda década colorada, 1920, marcou um divisor de águas na história do Clube. Após o crescimento dos primeiros anos, o Inter começava a passar por grandes dificuldades. Dentro de campo, poucos títulos. Fora dele, o cenário não ajudava. Além dos apuros financeiros, o Colorado quase ficou sem casa e existia a possibilidade de fechamento do Clube. Era necessário tomar decisões que mudariam os rumos alvirrubros.

Aguerrido desde sempre, o Inter deu a volta por cima e se fortaleceu. Venceu o seu primeiro título estadual, em 1927, encaminhou a construção da sua primeira casa própria – o Estádio dos Eucaliptos – e se tornou ainda mais popular, abrindo de vez suas portas para atletas de outras ligas, como a da Canela Preta.

O início de uma nova era

No ano de 1928, o Asilo da Providência (dono da Chácara dos Eucaliptos) resolveu vender o terreno, dando preferência ao Inter, embora o preço fosse alto. Mas o Inter não se interessou pelo terreno e, sem sede, esteve próximo de fechar.

Até que o engenheiro Ildo Meneghetti iniciou uma campanha de arrecadação de dinheiro para comprar um terreno no bairro Menino Deus. Depois de 20 anos utilizando campos alheios, o Colorado finalmente adquiria uma propriedade.

Além do plano de construção do novo estádio, uma reforma estatutária amplia o quadro social, visando a venda de títulos para obtenção de recursos para a obra.

O Estádio dos Eucaliptos, com suas arquibancadas de madeira que abrigavam aproximadamente 10 mil pessoas, já era uma realidade. No dia 15 de março de 1931, o Inter inaugurava o "majestoso" estádio. Nada melhor do que convidar o Grêmio para a primeira partida no novo campo. No Gre-Nal de inauguração deu Inter: 3 a 0 sobre o rival.

Em reconhecimento ao seu grande esforço, o Internacional homenagearia anos mais tarde o presidente Ildo Meneghetti com o título de patrono colorado.

O Estádio dos Eucaliptos seria a casa colorada até o aparecimento do Beira-Rio, em 1969.

Começa a grande mudança social do clube

Com o segundo título estadual, alcançado em 1934, começaram as mudanças Os jogadores já recebiam alguma forma de remuneração para jogar futebol. O time não era mais formado por tios, primos, filhos, e amigos da família. Estavam em campo jogadores das ligas periféricas, gente mais simples, alguns pobres e negros. Também foi nesta época que se construía a eterna rivalidade do futebol gaúcho.

Os anos 30 foram dominados pelo competitivo time tricolor de Foguinho e Luiz Carvalho, e raros títulos foram conquistados pela equipe colorada. Mal sabiam os torcedores do Inter que momentos gloriosos estavam por vir. Nos anos 40 surgiu o fantástico "Rolo Compressor". Junto a ele foi inaugurada uma nova era do futebol gaúcho.

https://legado.internacional.com.br/conteudo?modulo=1&setor=1&secao=3

Produtos recomendados

Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura