Clique para ampliar

Compartilhar:

Diploma da Associação das Damas de Caridade ao Dr. ANTONIO RIBEIRO VELHO DE AVELLAR Datado 08 de Março de 1921

Dr. ANTONIO RIBEIRO VELHO DE AVELLAR Diploma da ASSOCIAÇÃO DAS DAMAS DE CARIDADE 

Datado 08 de Março de 1921 

 

Medidas 32cm X 24cm

Apresenta desgastes nas extremidades e perda de papel

 

Fundada por São Vicente de Paulo em 1617, a Associação Internacional da Caridade, tem por objetivo a assistência e promoção da pessoa humana, sobretudo aos mais pobres e excluídos da sociedade. Associação Internacional de Caridades (em francês Association Internationale des Charités) é a federação que reúne os movimentos nacionais das Fraternidades das Damas de Caridade, ou Voluntárias da Caridade

 

Antonio Velho Ribeiro de Avelar, filho de Joaquim Ribeiro de Avelar Jr., Visconde de Ubá

Antonio Velho Ribeiro de Avelar foi promotor Público em Paraíba do Sul, deputado estadual e vice-presidente da Província do Rio de Janeiro e prefeito de Vassouras.

Antônio foi um dos mais requintados proprietários da fazenda Pau Grande, entre os finais do século XIX e início do XX. Formou-se em advocacia no Rio de Janeiro, vindo então trabalhar como Promotor Público em Paraíba do Sul. Alguns anos depois, exerceu os cargos de Juiz de Direito da Comarca de Vassouras e de vereador naquela cidade no período de 24 de dezembro de 1889 a 9 de fevereiro de 1892. No interregno de 1890 a 1892 ocupou a Presidência da Câmara vassourense, que, naquela época, equivalia ao de atual prefeito do município, voltando a presidi-la entre 1901 e 1903, ocasião em que o município recebeu a visita de Quintino Bocaiúva.Político ativo e homem de ilibada reputação moral, Antônio Ribeiro Velho de Avelar foi novamente conduzido ao cargo de Presidente da Câmara na legislatura 1904-1906, sendo posteriormente conduzido às funções de Deputado Estadual e Vice-Presidente da Província do Rio de Janeiro.


Antônio Ribeiro Velho de Avelar morreu solteiro em data desconhecida, e seu nome ficou perpetuado em Paty do Alferes graças a uma resolução emitida pela Câmara de Vereadores de Vassouras que, durante as comemorações dos 100 anos da criação da Vila de Paty em 4 de setembro de 1920, determinou que a Praça do Centenário passasse a se chamar Velho de Avelar, espaço hoje fronteiriço ao Centro Cultural daquela cidade.

 

 

 

Produtos recomendados

Carta  Assinada PELO Historiador do IAHGP MÁRIO MELO Recife 7 de Julho de 1927

Carta Assinada PELO Historiador do IAHGP MÁRIO MELO Recife 7 de Julho de 1927

por R$ 180,00
ou 3x de R$ 60,00 sem juros
ou R$ 162,00 por PIX ou DEPÓSITO
Fotografia Autografada de LEDA IUQUI Bailarina e Mestra do Balé, Rio de Janeiro, Ano 1943

Fotografia Autografada de LEDA IUQUI Bailarina e Mestra do Balé, Rio de Janeiro, Ano 1943

por R$ 980,00
ou 3x de R$ 326,67 sem juros
ou R$ 882,00 por PIX ou DEPÓSITO
Escultura CABEÇA DE INDIO CAIAPÓ em Barro Cozido, Sem Assinatura

Escultura CABEÇA DE INDIO CAIAPÓ em Barro Cozido, Sem Assinatura

por R$ 280,00
ou 3x de R$ 93,33 sem juros
ou R$ 252,00 por PIX ou DEPÓSITO
Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura