Clique para ampliar

Compartilhar:

CHICO ANYSIO e ROSE RONDELLI Autógrafos na Capa do "Programa em Revista", Maio de 1970

CHICO ANYSIO e ROSE RONDELLI Autógrafos na Capa do "Programa em Revista", Maio de 1970

 

Edição do "Teatro da Lagoa".

 

Junto com as assinaturas do humorista Chico Anysio e da atriz vedete Rose Rondelli, está um outro autógrafo ilegível.

Em 1962, Chico iniciou relacionamento com Rose Rondelli, com quem se casou e teve Nizo Neto em 1964 em 1969, veio Rico (Ricardo) Rondelli, segundo filho com Rose.

Para Chico Anysio, engraçados, mesmo, eram Ronald Golias, Costinha e Oscarito. Por isso, quando decidiu seguir a carreira de comediante, resolveu fazer criar seu próprio estilo: “Vou ser aquele que faz vários”. O primeiro dos vários foi o Professor Raimundo, que nasceu na Rádio Mayrink Veiga, em 1952; cinco anos depois, o personagem chegou à televisão, como escada de Ema D’Ávila em Aí Vem Dona Isaura, na TV Rio.

Mas o maior humorista do Brasil não permaneceria coadjuvante por muito tempo: em 1959, lançou, na mesma emissora, o seu próprio programa, o Só Tantã, logo rebatizado Chico Anysio Show. “Foi um sucesso retumbante! Mexeu com a vida do país. Os aviões e até as sessões de cinema mudaram de horário. Foi a primeira vez que se viu coisa semelhante no mundo, um só artista fazer um programa inteiro na televisão”. No Chico Anysio Show, juntaram-se ao Professor Raimundo o Quem-Quem, o Dr. Alfacinha, o Urubolino e o Coronel Limoeiro, entre outros.

Rose Rondelli foi uma atriz brasileira. Atuou como vedete das revistas de bolso do Teatrinho Jardel em Copacabana e dos shows de Carlos Machado nas boates Monte Carlo e Casablanca, trabalhando ao lado de estrelas como Walter d'Ávila, Oscarito, Grande Otelo, Silva Filho, Rosita Lopes, Vagareza, entre outros.

Quando casou com Chico Anysio abandonou a carreira. Criou seus três filhos, Duda Anizio, Nizo Neto e Rico Rondelli, viajou e curtiu tudo que tinha direito. Ameaçou algumas voltas em aparições esporádicas, mas o que tinha de talento (e era muito) não correspondia à vocação necessária para sustentar a carreira, e assim, preferiu viver a praia, os bares, os amigos e a família, especialmente os filhos e os netos Yan e Juju. 

https://memoriaglobo.globo.com/perfil/chico-anysio/

http://obucaneiroprateado.blogspot.com/2009/07/nunca-existiu-uma-mulher-como-r-o-s-e-r.html

 

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura