Clique para ampliar

Compartilhar:

MÚMIA PEBLÉIA DO EGITO Originarias da Aldeia Ain Labakha Contemporâneos de Jesus Cristo

MÚMIA PEBLÉIA DO EGITO Originarias da Aldeia Ain Labakha

Contemporâneos de Jesus Cristo

Reprodução em madeira e tecido, tamanho real 

Medindo 1,57 cm

Arqueólogos descobriram, no Egito, a maior população homogênea de múmias já encontrada. Elas revelam uma rica história plebéia, sem pompa ou eloqüência. O dia-a-dia da aldeia de Ain Labakha, há dois milênios.

Não são uma nem duas evidências, mas 450. Em 1994, arqueólogos da Inspetoria de Antiguidades do Egito descobriram, no oásis de Kharga, a oeste do rio Nilo, escavada em grutas na montanha e repleta de múmias, a necrópole de Ain Labakha. 

A aldeia chegou a ter 1 000 habitantes entre os séculos I antes de Cristo e III da nossa era, habitada por lavradores, pastores, soldados a serviço dos romanos, mulheres, crianças e sacerdotes. Foram contemporâneos de Jesus Cristo. Não foi a primeira descoberta do gênero - outro cemitério popular foi encontrado em 1982, na localidade de Douch, 120 quilômetros mais ao sul - mas o de Ain Labakha é o maior e, de longe, o mais fascinante. 



http://publicadosbrasil.blogspot.com/2017/10/mumias-plebeias-arqueologia.html

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura