Clique para ampliar

Compartilhar:

Livreto CACTOS Boletim Interno do Grupo Maravilhoso Editado Pela ALA SENTA A PUA n°2 Agosto de 1946

Livreto CACTOS Boletim Interno do Grupo Maravilhoso Editado Pela ALA SENTA A PUA n°2 Agosto de 1946

Formato 23,5x16,5cm

Edição Mensal com 12 Páginas

Senta a Pua! é o símbolo e grito de guerra do 1º Grupo de Aviação de Caça (1º GAvCa) da Força Aérea Brasileira que atuou na Segunda Guerra Mundial. Semelhantemente ao "Tally-ho" britânico ou ao "À la chasse" francês, o grito "Senta a púa", antes do uso militar, era expressão cotidiana.

O 1° Ten. Av. Firmino Ayres de Araújo, da Base Aérea de Salvador já empregava a expressão no sentido de apressar alguém. Vindo da mesma base, o Ten. Av. Rui Barbosa Moreira Lima introduziu a expressão no cotidiano do 1º GAvCa. Só depois do treinamento, rumo ao Teatro Europeu que o Cap. Av. Fortunato Câmara de Oliveira desenhou o símbolo (cuja face da avestruz remete às feições do 2º Tenente Aviador Pedro de Lima Mendes). Daí o grupo deu-se identidade e a expressão passou a ganhar força, como nas palavras de Austragésilo de Athayde: "Sentar a Pua: lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar a púa não tergiversa. Arremete de ferro em brasa e verruma o bruto".

Em combate, a expressão era utilizada para confirmar uma ordem de ataque, dada a distinção das palavras: Um piloto reporta ao líder "avistei um alvo" - ao que a resposta esperada seria: "senta a púa!".

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura