Clique para ampliar

Compartilhar:

ABRAHAM LINCOLN (1809-1865) Busto Para Parede do Presidente que Decretou a Emancipação dos Escravos nos Estados Unidos da América em 1863

ABRAHAM LINCOLN (1809-1865) Busto Para Parede do Presidente que

Decretou a Emancipação dos Escravos nos Estados Unidos da América em 1863

Fabricado Em Cerâmica 

Medindo :18cm x 25cm x 12 cm

O pensamento abolicionista de Lincoln foi de encontro às atitudes de escravidão dos sulistas, que se separaram dos Estados Unidos e formaram os Estados Confederados da América. Foi esse o motivo que deu início à Guerra Civil Americana, conhecida como Guerra da Secessão, em 1861. Em 1863, por decreto e emenda constitucional, Lincoln aboliu a escravidão. Cerca de 200.000 soldados negros lutaram ao lado da União e tornaram–se eleitores. Lincoln planejava assegurar escolaridade aos ex–escravos, e também alguns direitos civis, mas foi assassinado por um racista na Sexta–Feira Santa de 1865.

 

Abraham Lincoln (1809-1865) foi presidente dos Estados Unidos da América. Decretou a emancipação dos escravos. Foi considerado um dos inspiradores da moderna democracia tornou-se uma das maiores figuras da história americana. Defendia a causa dos pobres e humildes.

Nascido em Kentucky, Estados Unidos, em 1809. Filho dos camponeses,  teve vários empregos, foi lenhador, trabalhou numa serraria, foi barqueiro, balconista e Chefe dos Correios da Aldeia de Salem em Illinois.

Filiado ao partido conservador, foi eleito quatro vezes para a assembleia estadual, onde defendeu grandes projetos para a construção de ferrovias, rodovias e canais. Em 1836, iniciou curso de direito e tornou-se um advogado muito popular.

A década de 1850 foi uma década de tensão na história norte-americana. O debate acerca da escravidão era central, sobretudo na questão da sua utilização nos novos territórios. Os nortistas não concordavam com a expansão do escravismo para outros estados e os sulistas eram defensores da escravidão em todo o país.

Em 1858, Lincoln candidato ao Senado pelo Partido Republicano, fazendo campanha contra o democrata e racista Stephen Douglas, perdeu as eleições, mas tornou-se o liberal mais popular dos Estados Unidos.

Em 1860, Abraham Lincoln disputou o pleito para a presidência da república e elegeu-se o 16º presidente dos Estados Unidos. Ao iniciar seu governo, em 4 de março de 1861, Lincoln teve de enfrentar o separatismo de sete estados escravistas do sul, que não aceitavam a supremacia industrial do Norte, e formaram os Estados Confederados da América.

Depois que os Estados do Sul declararam-se separados da União, o presidente foi firme e prudente: não reconheceu a secessão, ratificou a soberania nacional sobre os estados rebeldes e convidou-os à conciliação, assegurando-lhes que nunca partiria dele a iniciativa da guerra. Em 1 de janeiro de 1863, Lincoln decretou a emancipação dos escravos. Em meados de 1863 chegaram à Pensilvânia e ameaçaram Washington. Foi nesse grave momento que se travou, em 3 de julho de 1863, a batalha de Gettysburg, vencida pelas forças do norte.

Meses depois, ao inaugurar o cemitério nacional de Gettysburg, Lincoln pronunciou o célebre discurso em que definiu o significado democrático do "governo do povo, pelo povo e para o povo", e que alcançou repercussão mundial.

Embora considerado conservador ou reformista moderado no início da presidência, as últimas proposições de Lincoln foram avançadas. Preparava um programa de educação dos escravos libertados e chegou a sugerir que fosse concedido, de imediato, o direito de voto a uma parcela de antigos escravos.

Em 14 de abril de 1865, Lincoln assistia a um espetáculo no Teatro Ford, em Washington, quando foi atingido na nuca por um tiro de pistola desferido pelo ex-ator John Wilkes Booth, que se mostrava contrário à abolição da escravidão nos Estados Unidos.

Abraham Lincoln faleceu em Washington, D.C., Estados Unidos, no dia 15 de abril de 1865. 

 

                                                                Abraham Lincoln – Wikipédia, a enciclopédia livre

 

 

https://brasilescola.uol.com.br/biografia/abraham-lincoln.htm

https://pt.wikipedia.org/wiki/Abraham_Lincoln#In%C3%ADcio_de_carreira_e_servi%C3%A7o_militar

https://www.ebiografia.com/abraham_lincoln/

 

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura