Clique para ampliar

Compartilhar:

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA de FERNANDO FERRARI Para Vice Presidente da Republica Pelo PDC em 03 de Outubro de 1960

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA de FERNANDO FERRARI Para Vice Presidente da Republica Pelo PDC em 03 de Outubro de 1960

Fabricada em tecido Bom estado

Medindo 33cm

 

Fernando Ferrari (São Pedro do Sul, 14 de junho de 1921 – 25 de maio de 1963) foi um economista e político brasileiro. Atuou no Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e no Movimento Trabalhista Renovador (MTR).

Em 1946, ao denunciar, em carta aos jornais da capital federal, um episódio de corrupção no SAPS, pediu demissão do cargo e retornou ao Rio Grande do Sul, onde filiou-se ao PTB, integrando, juntamente com outros jovens, a Ala Moça do partido.

Em 1947, elegeu-se deputado estadual, pelo PTB, para a 38ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, de 1947 a 1951.[1] Em 1950 elegeu-se deputado federal, reelegendo-se em 1954 e 1958. Nessa última eleição, foi o candidato a deputado federal mais votado no Brasil, somando 147.996 votos. Um destaque de sua atuação parlamentar foi seu envolvimento com a Reforma Agrária. Ferrari elaborou o Estatuto do Trabalhador Rural, aprovado em 1963.

A partir de meados de 1950, passou a fazer oposição interna no partido ao grupo liderado João Goulart e, no Rio Grande do Sul, por Leonel Brizola. Tal grupo detinha a direção do partido, e Jango projetava-se como herdeiro político de Getúlio Vargas, aspecto questionado por Ferrari. Em 1959, Num contexto de forte disputa intrapartidária, apoiou a candidatura de outro dissidente do partido à prefeitura de Porto Alegre, Loureiro da Silva, então filiado ao PDC. Loureiro, contando com o apoio de Ferrari, derrotou o candidato do PTB em Porto Alegre, Wilson Vargas.

Em 1960, candidatou-se a vice-presidente pela Legenda do PDC (embora ainda estivesse oficialmente filiado ao PTB), sendo apoiado pelo Movimento Trabalhista Renovador (MTR), entidade civil-apartidária fundada a partir da dissidência com o PTB comandada por ele. Na referida disputa, foi derrotado por João Goulart, que reelegeu-se vice-presidente. Após as eleições de 1960, Ferrari foi expulso do PTB e transformou o MTR em partido político. Pelo novo partido, foi candidato a governador do Rio Grande do Sul sendo derrotado por Ildo Meneghetti.

Produtos recomendados

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA de PAULO SCHROEDER Para Vice Prefeito

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA de PAULO SCHROEDER Para Vice Prefeito

por R$ 50,00
ou 3x de R$ 16,67 sem juros
ou R$ 45,00 por depósito bancário
GENERAL CAIADO CASTRO Propaganda Politica de Senador Pelo PTB com Apoio de GETÚLIO VARGAS Original de 1954

GENERAL CAIADO CASTRO Propaganda Politica de Senador Pelo PTB com Apoio de GETÚLIO VARGAS Original de 1954

por R$ 450,00
ou 3x de R$ 150,00 sem juros
ou R$ 405,00 por depósito bancário
Flâmula de PROPAGANDA POLITICA Para Deputado Federal BOANERGES BEZERRA DA CUNHA Pelo PTB

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA Para Deputado Federal BOANERGES BEZERRA DA CUNHA Pelo PTB

por R$ 30,00
ou 3x de R$ 10,00 sem juros
ou R$ 27,00 por depósito bancário
Flâmula de PROPAGANDA POLITICA Para Deputado Federal PAULO REZENDE Pelo PSD

Flâmula de PROPAGANDA POLITICA Para Deputado Federal PAULO REZENDE Pelo PSD

por R$ 30,00
ou 3x de R$ 10,00 sem juros
ou R$ 27,00 por depósito bancário
Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura