Clique para ampliar

Compartilhar:

Diplomas do VENERAVEL ORDEM TERCEIRA DOS MÍNIMOS DE SÃO FRANCISCO DE PAULA Originais de 1936 e 1946

Diplomas do VENERAVEL ORDEM TERCEIRA DOS MÍNIMOS DE SÃO FRANCISCO DE PAULA Originais de 1936 e 1946

O de 1936 acompanha recebio de pagamento para sua admição de Irmão da Ordem, datada de 24 de Abril

 

SÃO FRANCISCO DE PAULA E A ORDEM DOS MÍNIMOS

A igreja é dedicada a São Francisco de Paula, fundador da Ordem dos Mínimos. Italiano, nasceu no início do século XV, ficou conhecido pelo seu desapego aos bens materiais e total dedicação ao próximo.

A criação da Ordem dos Mínimos é uma mensagem clara de sua conduta de vida: que para servir a Jesus, é preciso ser mínimo, isto é, ser um servo de todos.

Igreja São Francisco de Paula

Além de templo religioso que congrega fiéis e devotos de São Francisco de Paula, uma visita à igreja também é conhecer um pouco dos séculos XVIII e XIX, quando o Largo de São Francisco estava se tornando um dos pontos principais do Centro do Rio.

O templo, que é um dos maiores da cidade, foi iniciado ainda no período colonial, por iniciativa das Ordem Terceira dos Mínimos de São Francisco de Paula. A construção começou em 1759 e só foi concluída em 1801.

Seu interior é fruto do trabalho de grandes mestres. Entre eles, o mais talentoso artista do período no Rio de Janeiro: Mestre Valentim. É dele o altar-mor e a Capela de Nossa Senhora da Vitória, trabalho que foi feito entre 1801 até sua morte, em 1813.

Também enriqueceram a Igreja o pintor Mário Bragaldi, responsável pela decoração da nave central, além de Vitor Meireles e Manoel da Cunha. No templo, que é todo recoberto de talha, ainda conta com vitrais executados na Alemanha. Seus sinos ficara famosos e ganharam o apelido de "Aragão".

Naquela época, as igrejas também exerciam um outro papel muito importante na vida da comunidade. Elas eram responsáveis por executar toques de sinos que tinham, cada um seu significado especial. Entre os anos de 1824 e 1827, cabia aos sinos da São Francisco de Paula executar o toque de recolher do então intendente geral da Polícia, Teixeira de Aragão.

Sobre nós

Somos a Casa do Velho e desde 2014 buscamos oferecer para amigos e clientes, objetos antigos, colecionáveis e decorativos, buscando sempre itens singulares e excêntricos para sua casa, coleção ou cenário.

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura