Clique para ampliar

Compartilhar:

Escultura Representando CUBANO Enrolador Charutos e Suas Ferramentas

Escultura  Representando CUBANO Enrolador Charutos e Suas Ferramentas

Artesanato de Barro Cozido, Madeira, Metal e Tecido

Altura: 22cm

Antes da explosão da indústria do charuto, a plantação de fumo era conhecida como a “lavoura do pobre”, cultivada por pequenos agricultores sem acesso a crédito. Como a lavoura era pouco lucrativa e exigia menos esforço físico, a solução foi usar escravos mais baratos, como mulheres, idosos e crianças. Mesmo após a abolição da escravatura, a situação prosseguiu de tal forma que, agora, poucos homens estão dispostos a trabalhar num sector essencialmente feminino. 

Em Cuba, pátria mundial dos grandes charutos, a maioria dos trabalhadores é masculina. No Brasil, porém, impera a mão-de-obra feminina. “Empregamos uma proporção de dez mulheres para um homem”, conta Marcos Augusto Souza, director do Sindicato da Indústria do Tabaco no estado da Bahia.

Produtos recomendados

Rádio Valvulado com Caixa em Madeira Marchetada, Original Meados Século XX

Rádio Valvulado com Caixa em Madeira Marchetada, Original Meados Século XX

por R$ 400,00
ou 3x de R$ 133,33 sem juros
ou R$ 360,00 por depósito bancário
Cartaz ORIGINAL do CIRCO ÁGUIAS HUMANAS de Ivo Janson, Porto Alegre, Meados do Século XX

Cartaz ORIGINAL do CIRCO ÁGUIAS HUMANAS de Ivo Janson, Porto Alegre, Meados do Século XX

por R$ 1.800,00
ou 3x de R$ 600,00 sem juros
ou R$ 1.620,00 por depósito bancário
Cadeirão Para Bebê em Madeira Torneada e Palhinha, Original de Meados do Século XX

Cadeirão Para Bebê em Madeira Torneada e Palhinha, Original de Meados do Século XX

por R$ 600,00
ou 3x de R$ 200,00 sem juros
ou R$ 540,00 por depósito bancário
Radio Transistorizado STENTOR Fabricado Pela ELMER Eletrônica e Comércio Ltda Anos 1960

Radio Transistorizado STENTOR Fabricado Pela ELMER Eletrônica e Comércio Ltda Anos 1960

por R$ 400,00
ou 3x de R$ 133,33 sem juros
ou R$ 360,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura