Clique para ampliar

Compartilhar:

REPÓRTER ESSO Treze Fotografias ORIGINAIS e Carta Datilografada e Assinada de GONTIJO TEODORO Radialista e Apresentador

REPÓRTER ESSO Treze Fotografias ORIGINAIS e Carta Datilografada e Assinada de GONTIJO TEODORO Radialista e Apresentador

Rio de Janeiro, 6 de Fevereiro de 1973. Uma página.

São 13 fotografias, maior medindo 26,5 x 18,5

Gontijo Teodoro foi radialista e apresentador de telejornal. Na época da carta, Gontijo estava trabalhando na TV Tupi e estava se queixando da administração da época:

"Na TV Tupi as coisas vão caminhando, embora ainda não estejam como eu desejo. Meu setor, telejornalismo está abandonado pela direção da TV e o meu telejornal ainda não é o que eu esperava que fosse...mas vou lutando, na esperança de dias melhores. Administrativamente a TV Tupi vai atravessando uma fase difícil, com os pagamentos atrasados, ainda, cerca de 5 meses. (Hoje é dia 6-2-73, só recebi o pagamento de setembro de 72)."

Carta em bom estado.

Tamanho: 28 x 22.

 

O Seu Repórter Esso (ou simplesmente Repórter Esso) foi um noticiário histórico do rádio e da televisão brasileira e seguia a versão americana do programa chamada de "Your Esso Reporter". Foi o primeiro noticiário de radiojornalismo do Brasil que não se limitava a ler as notícias recortadas dos jornais, pois as matérias eram enviadas por uma agência internacional de notícias sob o controle dos Estados Unidos. O repórter Esso era patrocinado por uma empresa estadunidense chamada Standard Oil Company of Brazil, conhecida como Esso do Brasil.

Os locutores que fizeram maior sucesso no noticioso foram: em São Paulo,Benedito Ruy Rezende e Dalmácio Jordão, que narrou o noticiário de 1950 até seu final, Kalil Filho, Gontijo Teodoro, Luís Jatobá e Heron Domingues. Os slogans mais famosos eram: O Primeiro a Dar as Últimas e Testemunha Ocular da História.

O programa trouxe para o radiojornalismo brasileiro a informação por ele divulgada não 0como notícia, mas constituída também, em texto dirigido, propaganda político-ideológica, produzindo e construindo sentido e com alvo certo: o governo e determinados segmentos da sociedade brasileira. Não obstante, A Segunda Guerra acabou depois que o Repórter Esso noticiou, célebre frase de um jornal da época, exprime a importância e credibilidade que o Repórter Esso conquistou. A primeira transmissão ocorreu na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em 28 de agosto de 1941, iniciando a cobertura do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Antes da estreia oficial, o programa havia ido ao ar experimentalmente na Rádio Farroupilha de Porto Alegre.

Na televisão, o noticiário, inicialmente com o nome de O Seu Repórter Esso, foi apresentado de 10 de abril de 1952 até 31 de dezembro de 1970 na TV Tupi.

GONTIJO TEODORO

Mineiro da cidade de Araxá, ele iniciou sua carreira como locutor da rádio Bandeirantes, em São Paulo, passou pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro e ficou famoso ao comandar o conceituado noticiário da extinta TV Tupi entre 1952 e 1970.
Antes de dar voz ao programa marcado pelo slogan "testemunha ocular da história", Gontijo havia tido sua primeira experiência na televisão como apresentador do "Retratos da Semana".

No "Repórter Esso", que também começou no rádio, o locutor entrava no ar às 20h e narrava as notícias com a voz firme e entonação radiofônica -características do período de transição de estilo da AM para a televisão, inaugurada no Brasil em 1950.

Após a extinção do telejornal, ele continuou como locutor da Rádio Nacional até seu programa ser tirado do ar, em 1979.

Novos tempos
Autor dos livros "Jornalismo na TV" e "Você Entende de Notícias", Gontijo enfrentou dificuldades em arrumar emprego a partir dos anos 80, época da consolidação da TV Globo, do "Jornal Nacional" e de uma nova linguagem televisiva

Produtos recomendados

Troféu da TV TUPI Programa OS MELHORES DA SEMANA Oferecido Crítico de Cinema ADOLFO CRUZ em Abril de 1956

Troféu da TV TUPI Programa OS MELHORES DA SEMANA Oferecido Crítico de Cinema ADOLFO CRUZ em Abril de 1956

por R$ 600,00
ou 3x de R$ 200,00 sem juros
ou R$ 540,00 por depósito bancário
Livro  EU-TU-ELE  Samuel Rawet   Com dedicatória do autor  à  BIBI FERREIRA

Livro EU-TU-ELE Samuel Rawet Com dedicatória do autor à BIBI FERREIRA

por R$ 250,00
ou 3x de R$ 83,33 sem juros
ou R$ 225,00 por depósito bancário
Nota de Hospedagem da Família AVELLAR no GRAND HOTEL TERMINUS, Paris, Ano 1890

Nota de Hospedagem da Família AVELLAR no GRAND HOTEL TERMINUS, Paris, Ano 1890

por R$ 250,00
ou 3x de R$ 83,33 sem juros
ou R$ 225,00 por depósito bancário
Carta Patente Assinada pelo então Prefeito do Distrito Federal AMARO CAVALCANTI Datada 30 de Março de 1918

Carta Patente Assinada pelo então Prefeito do Distrito Federal AMARO CAVALCANTI Datada 30 de Março de 1918

por R$ 250,00
ou 3x de R$ 83,33 sem juros
ou R$ 225,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura