Clique para ampliar

Compartilhar:

Cartão de Alumínio da Grande Empresa PHOTO CINEMATOGRAPHIA BRASILEIRA Labanca, Leal e Cia. Rio de Janeiro Anos 1900

Cartão de Alumínio da Grande Empresa

PHOTO CINEMATOGRAPHIA BRASILEIRA Labanca, Leal e Cia. 

Rio de Janeiro Anos 1900

Medindo 11,5x6,5cm

A Foto-Cinematografia Brasileira era uma associação de Leal com Giuseppe Labanca (LabancaLeal e Cia.) que produzia filmes para exibição no cinema da empresa, o Cinema Palace, na Rua do Ouvidor

No Rio o alemão Criostovão Guilherme Auler deixou de fabricar móveis na Rua do Ouvidor para dedicar-se ao negócio de cinema; fundou, em sociedade com o fotógrafo Júlio Ferrez, o cinema Grande Cinematógrafo Rio Branco, iniciando, também, a produçao de filmes; outros ja eram ligados às "artes fotográficas", como foi o caso dos franceses Marc Ferrez e filhos, ampliaram seus negócios como propietários do Cinematógrago Pathé, ou do português Antonio Leal, fotógrafo de O Malho com atelier à Rua Ouvidor, que começou a filmar em 1905. Outros produtores de cinema faram os italianos José Labanca e Jácomo Staffa, até então empresários do jogo do bicho e fundadores, junto com Antônio Leal, da Photo Cinematografia Brasileira. Eram propietários, inicialmente, de uma "fabrica de vistas" que depois passou a realizadora de filmes de enredo, e também de uma sala de exibição, o Cinema Palace.

A maior produtora carioca de fotocinematografia era a Labanca, Leal & Cia., do Palace. Essa Empresa mantinha um grande armazém-depósito de aparelhos e fitas, considerado um dos melhores existentes no mundo à época. Era de uma enorme variedade que ia desde fitas de costumes e científicas, até filmes agrícolas, industriais e comerciais. Em 1908, essa atividade de Leal era imensa, com todas as atualidades, chegando até mesmo a ter em seu acervo a primeira fita esportiva, "Match Internacional de futebol", entre brasileiros e argentinos e a primeira fita sobre corrida de automóveis - "O Circuito de Itapecerica", disputado em São Paulo; havia ainda pequenas comédias e um drama: "Os estranguladores".

Produtos recomendados

Recibo do Navio a Vapor ORIENTAL MARIA Montevidéu, 18 de Enero 1867

Recibo do Navio a Vapor ORIENTAL MARIA Montevidéu, 18 de Enero 1867

por R$ 80,00
ou 3x de R$ 26,67 sem juros
ou R$ 72,00 por depósito bancário
MAPA DA VIAÇÃO FÉRREA DO BRASIL Organizado Especialmente Para o GUIA LEVI, São Paulo, Ano 1958

MAPA DA VIAÇÃO FÉRREA DO BRASIL Organizado Especialmente Para o GUIA LEVI, São Paulo, Ano 1958

por R$ 420,00
ou 3x de R$ 140,00 sem juros
ou R$ 378,00 por depósito bancário
Revista GEOGRAPHIA HISTOIRE n°102 Mars 1960

Revista GEOGRAPHIA HISTOIRE n°102 Mars 1960

por R$ 30,00
ou 3x de R$ 10,00 sem juros
ou R$ 27,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura