Clique para ampliar

Compartilhar:

Medalha do 1° Centenário da ESCOLA NORMAL de São Paulo 1846 - 1946

Medalha do 1° Centenário da ESCOLA NORMAL de São Paulo 1846 - 1946

Medindo 62mm

Medalha do 1º Centenário do Ensino Normal de São Paulo 1846 - 1946, com as efígies dos educadores Manoel José Chaves, Barão de Suruhy, Caetano de Campos e Gabriel Preste.

Segundo o Catálogo de Medalhas da República Kurt Prober só foram feitas 25 medalhas de prata e 300 de bronze.

Em bronze.Medida: 62 mm.Peso: 109,2 g.

Em ótimo estado.Consta nos catálogo: - Kurt Prober - Catálogo de Medalhas da República pg. 107.

 

Em 9 de novembro de 1846, surgiu a primeira Escola Normal de São Paulo. Situada em um edifício vizinho à Catedral do Largo da Sé, o educandário aceitava somente alunos do sexo masculino com idade superior a dezesseis anos. Para estudar nessa instituição, era preciso atender a dois requisitos: ler e escrever. Ela funcionava sem regimento interno, e o seu número de alunos oscilava entre 11 a 21 por mês.

Em 1874, com a reforma na legislação de São Paulo, a Lei n° 9 de 22 de março tornou obrigatório o ensino primário para meninos de sete a catorze anos e para meninas de sete a onze anos também. Os primeiros estudavam na Faculdade de Direito do Largo do São Francisco, e em uma sala anexa, intitulada como Seminário da Glória, ficavam as meninas.

A Escola Normal fechou as portas por duas vezes, em 1867 e 1878. Em 1880, foi reaberta pela terceira vez, por Laurindo Abelardo de Brito, egresso do colégio. Em 1890, a instituição trouxe mudanças no currículo, introduzindo métodos de Johann Heinrich Pestalozzi – pedagogo suíço pioneiro da reforma educacional da época. Em 1896, foi implantado o primeiro jardim de infância estadual para crianças de ambos os sexos.

Com o passar do tempo, a Escola Normal, já instalada na Praça da República, no edifício Caetano de Campos, onde hoje funciona a Secretaria Estadual da Educação, variava seu nome: Normal, Secundária, Complementar, Normal Primária, Instituto de Educação, Normal Modelo e Caetano de Campos. Mas, com a administração Republicana, ela se manteve por várias décadas como o mais importante centro de renovação escolar do Brasil.

Produtos recomendados

Medalha do Primeiro Congresso Odontológico Latino Americano Montevideo no 1920

Medalha do Primeiro Congresso Odontológico Latino Americano Montevideo no 1920

por R$ 100,00
ou 3x de R$ 33,33 sem juros
ou R$ 90,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura