Clique para ampliar

Compartilhar:

Álbum da EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL Rio de Janeiro Ano 1922

Álbum da EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL do Rio de Janeiro Ano 1922

Formato 25x18cm

Bom estado

Exposição Internacional do Centenário da Independência

"A Exposição Internacional do Centenário da Independência do Brasil, realizada no Rio de Janeiro em 1922, foi o maior evento republicano do início do século XX. Visitantes e autoridades de todo o país e do mundo foram atraídos à essa primeira exposição internacional brasileira, organizada pelas elites nacionais como espécie de vitrine para exibir os avanços do país, do ponto de vista industrial, econômico e social - e afirmar a identidade da nação no ano em que era comemorada a emancipação política brasileira. O certame ainda motivou uma série de transformações no espaço urbano da então capital republicana; impulsionou o emprego de novos materiais e técnicas de construção, agregou grande valor aos arquitetos e consagrou o neocolonial como o estilo nacional. A ocasião do Centenário da Independência do Brasil favoreceu a instauração de um ambiente que incentivava autocrítica entre as diversas camadas sociais do Rio de Janeiro. As idéias que surgiram desses questionamentos repercutiram nas mostras exibidas no certame de 1922.

Porém, não houve na historiografia oficial o reconhecimento da Exposição do Centenário como acontecimento relevante para uma melhor compreensão das mudanças e transformações sociais, políticas, econômicas e culturais que marcaram a primeira metade do século XX brasileiro. Por muitos anos, tal historiografia tendeu a associar a manifestação da modernidade no Brasil à cidade de São Paulo e à Semana de 1922, reduzindo esse complexo e contraditório movimento a apenas uma de suas manifestações. A presente dissertação vem evidenciar a influência da Exposição Internacional do Centenário no movimento da modernidade brasileira. O evento é aqui apresentado como a própria materialização da efemeridade modernista de seu tempo; cenário onde estavam dispostas imagens e ideais políticos, econômicos, culturais e urbanos que caracterizavam aqueles agitados anos do início da década de 1920 no Brasil".

Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura
Siteseal