Clique para ampliar

Compartilhar:

Carteira de Sócio do Programa CLUBE JUVENIL TODDY Rádio Nacional Ano 1955

Carteira de Sócio do Programa CLUBE JUVENIL TODDY Rádio Nacional Ano 1955

Bem conservada.

A PROFESSORA MARIA DE LOURDES ALVES E O CLUBE JUVENIL TODDY

No início dos anos 50, uma jovem e talentosa professora que fazia radioteatro  na Rádio Globo, levou para a direção da Rádio Mayrink Veiga um projeto de programa que tinha como objetivo, não somente revelar talentos para o rádio, como faziam os demais programas infanto-juvenis, mas desenvolver no jovem estudante outras habilidades que o fizessem crescer não apenas no rádio, mas na vida, como um  cidadão.

A Rádio Mayrink   aprovou e foi assim que surgiu o Clube Juvenil Toddy.

Não era apenas um programa de rádio. Era um clube com sócios de carteirinha com retrato. Os associados se correspondiam, organizavam eventos, se reuniam, enfim se confraternizavam.O pólo era a emissão radiofônica semanal, às quintas-feiras às 16 e 30. Os estudantes participavam do programa mandando cartas com poesias, crônicas ou notícias de colégios. Alguns cantavam ou tocavam instrumentos. Tudo era feito pelos rapazes e moças que participavam, inclusive atuando como locutores e radioatores.

Houve uma resposta imediata do público e o Clube Juvenil Toddy cresceu tanto que a Mayrink, com penetração restrita ao Rio de Janeiro, ficou pequena para ele. E veio o grande salto em direção à Rádio Nacional.

O C.J.T. passou a ter audiência em todo o Brasil. Eram  centenas de cartas que chegavam todas as semanas. A professora Maria de Lourdes coordenava todas as atividades e apresentava o programa que tinha um forte apelo para as atividades intelectuais e esportivas, porque o produto Toddy, que patrocinava o programa “era o alimento dos fortes”.

Uma equipe de produção constituída por adolescentes, dava apoio à professora Lourdes, colando selos,embalando  encomendas e brindes que eram sorteados entre os sócios, redigindo notícias do Rádio Repórter Juvenil, fichando os sócios aniversariantes e tudo mais.

A Toddy do Brasil,  pagava aos estudantes  um pequeno cachê pela participação no programa de rádio e pelo apoio à produção.

Em 1955 o Clube Juvenil Toddy possuía mais de 5.000 sócios, que não pagavam nada para se associar. Bastava preencher uma ficha e mandar duas fotos 3x4. Na volta do correio recebia uma revista  Vida Juvenil, a mais importante da época, uma flâmula do C.J.T. e uma carteirinha com retrato, que dava ao jovem o direito de  participar das atividades. 

-----------------------------------------------------------------------------

Recorte do jornal A Noite em 1953: 
 professora Maria de Lourdes Alves dirige os jovens do Clube Juvenil Toddy.

Produtos recomendados

Seringa DUAS CRUZES Para Veterinaria

Seringa DUAS CRUZES Para Veterinaria

por R$ 60,00
ou 3x de R$ 20,00 sem juros
ou R$ 54,00 por depósito bancário
Camisa REAL MADRID Original TAQUY Temporada 1997 - 1998

Camisa REAL MADRID Original TAQUY Temporada 1997 - 1998

por R$ 250,00
ou 3x de R$ 83,33 sem juros
ou R$ 225,00 por depósito bancário
Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura
Siteseal