Clique para ampliar

Compartilhar:

Fotografia Homenagem Especial Dr. Luiz Nogueira da Gama Filho

Fotografia Homenagem Especial Dr. Luiz Nogueira da Gama Filho

Medindo : 27x19cm

Método de Luiz Nogueira da Gama Filho

Em 1961, o numismata Luiz Nogueira da Gama Filho publicou o livro Carimbo de Minas – "960", que tinha por objetivo classificar as variantes desta famosa contramarca brasileira, aplicada sobre moedas de 8 reales espanholas.

Nesta obra utilizou-se do método descritivo, o qual se mostrou muito eficiente na identificação dos cunhos de anverso e reverso. Incluiu novos cunhos descobertos depois do trabalho de Prober sobre o assunto, bem como provas e cunhos falsos, dando um passo à frente para a numismática brasileira.

Embora a precisão do método tenha sido satisfatória, ficou claro que ao descrever uma variante, anverso e reverso, algumas destas se repetiam, formando novas combinações e fazendo-se descrições repetidas.

Além disso era necessário criar uma nova classificação para cada combinação que aparecia. A solução foi o que ele chamou de Classificação Racional. Esta se constituía em classificar todos os cunhos de anverso e reverso, de forma independente e apenas publicar a listagem das combinações já encontradas.

Segundo relata, procedeu desta forma por sugestão do numismata Dr. Alceu de Campos Pulpo e publicou esta nova classificação no Boletim da Sociedade Numismática Brasileira nº 19, ano VI, de janeiro de 1964.

Este procedimento simplificou sobremaneira o trabalho de identificação e reduziu consideravelmente a necessidade de descrição de um mesmo cunho diversas vezes, ou seja, toda vez que aparece em outra combinação.

O exemplo de Luis Nogueira da Gama Filho serviu de laboratório para o passo seguinte, pois embora os cunhos do Carimbo de Minas permitissem grande número de combinações (nem todas ocorreram) estes se resumiam a 24 pares (anverso e reverso), embora nem todos tenham sido encontrados. O passo seguinte seria aplicar a classificação racional em todas as variantes de prata.

 

 

 

Produtos recomendados

Sobre nós

CASA DO VELHO acredita que valorizar os objetos de nossos antepassados é contribuir para preservar nossa história. É cultivando as lembranças da infância, dos itens que marcaram época, dos objetos inusitados que nos conectamos à nossa própria história

Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura
Siteseal